sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Dexter series finale


Nunca tinha falado deste assunto por aqui, mas acompanho várias séries com regularidade. Algumas não muito conhecidas, outras sim, mas de alguma forma especiais para mim.

Uma dessas séries é, ou foi, uma vez que terminou no final do mês passado, o Dexter. Ainda não estou em mim desde o final da série... Surpreendeu-me e proporcionou-me muitos momentos de reflexão e é por isso que hoje escrevo este post...

Não comecei a acompanhar esta série desde o início, mas um dia, depois do fim de Prison Break (adorei!!!) e de Lost, cujo final para mim foi uma desilusão, fiquei "orfã" de séries e resolvi dedicar-me a esta por se tratar da história de um serial killer...

Quando vi os primeiros episódios, fiquei presa, rendida a este serial killer psicopata muito pouco habitual.

Ao longo das várias seasons fui percebendo que este Dexter era um serial killer pseudo-psicopata... pois de psicopata puro tinha muito pouco... Via-o mais como um justiceiro ou algo parecido... De facto, a personagem prendeu-me e intrigava-me a sua complexidade...

Sei que ao longo da série muitas pessoas foram desistindo de a ver, pelos mais variados motivos, pelas seasons mais recentes já não terem o ritmo alucinante da primeira série, mas eu não desisti e fiquei curiosa para ver a evolução da personagem Dexter ao longo da série.

[Para quem já viu o último episódio da série, pode continuar a ler... Quem não viu e quer ver, não continue a ler...]

E como a personagem evoluíu... Depois do aparecimento de Hannah, Dexter até já nem sente a necessidade de matar... A única coisa que ele quer é fugir para Argentina com a sua amada e o seu filho e ser feliz...

Deixou para Deb a captura do assassino Vogel e parte em direção ao pôr-do-sol...

Mas será mesmo assim?

Não!
Tudo corre mal. 
Vogel foge, atira em Deb, Elway persegue Hannah...
Está tudo contra a felicidade de Dexter...

Ao saber que Deb está ferida, Dexter não parte com Hannah e o filho, deixa-os ir na frente (algo que na primeira série Dex não seria capaz de deixar de fazer algo por outra pessoa...).
Ele tem de matar Vogel, mas só por vingança, sem ritual, sem código... Por Deb.

Quando a irmã fica em morte cerebral o seu mundo cai e ele apercebe-se de que nunca poderá ser feliz tendo feito o que fez, não pode apagar o que foi, mesmo agora não o sendo... E isso é uma das coisas mais impressionantes acerca do personagem e da sua evolução: ele já há muito que não desmembrava as suas vítimas, limitava-se a atirá-las à água, com Hannah já não sentia a necessidade de matar, queria só estar ao lado dela, e agora, finalmente, tem consciência do que fez e do que foi, e sente... Sente tanto, que a uma determinada altura diz "Toda a minha vida desejei sentir o que as outras pessoas sentem, mas agora que o sinto só quero que pare!"

Sim, o pseudo-psicopata serial killer agora sente, é humano! Ouso dizer que é mais humano do que muitos seres humanos sãos que andam por aí...

Dex não tem coragem de deixar a irmã naquele estado e partir... Aliás, ela um dia já lhe tinha dito para ele pôr fim ao seu sofrimento se um dia ela ficasse assim... E ele assim fez... E disse que a amava, o que agora ele de facto sentia...


O "funeral" de Deb também foi algo que me tocou, foi um encerramento para Dexter, além de uma despedida. Essa cena está muito bem conseguida.


Por fim, o exílio, para expiação dos seus pecados, para nunca mais magoar ninguém... E a sua expressão na última cena... Vazio...


Muitos criticam este final por ter ficado em aberto, pois quando Dexter se despede do filho diz que o ama e para ele se lembrar disso until i see you again... Mas, francamente, gosto desse final ficar em aberto... Pois acho que o ex pseudo-psicopata arrependido e exilado merece um dia perdoar-se a si próprio e voltar a desejar a felicidade ao lado de quem ama...



Todas as fotografias e descrições foram retiradas daqui: http://www.sho.com/sho/dexter/home


Autora: Cristina Maria Maias Oliveira
Respeite os direitos de autor / se copiar divulgue a autoria.

6 comentários:

  1. Eu não assisti ,deve ser na tv a cabo não é?

    bjs tenha um bom fim de semana.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Foi série que nunca acompanhei, embora adore o actor.

    ResponderEliminar
  3. Vim deixar meu abraço e desejar um ótimo final de semana.
    Fica com Deus.
    Gilson.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um bom fim de semana pra você tb!
      Obrigada pelo carinho!!

      Eliminar